Image Map

RESENHA: CINQUANTA TONS DE CINZA



Título: Cinquenta tons de cinza

Autor(a): E. L. James

Ano de lançamento: 2012

Editora: Intrínseca

Nº de páginas: 480






 SINOPSE

 Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos.
Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos…

Minha história com o livro cinquenta tons de cinza começou quando ganhei o livro como presente de aniversário de uma amiga. Não vou mentir ganhei e joguei na minha pilha de livros  "quem sabe lerei". Creio  que tive preconceito quanto a livro pois nunca tinha lido um livro recomendado apenas para maiores de 18 anos e as críticas sobre o livro não ajudado o apelido de " pornô para mamães " o deixava ridículo ao meu ver. Porém num belo dia peguei o controverso livro para ler e foi amor a primeira página.
O livro não é claro uma obra prima, mas é um bom passatempo. A escritora peca por sua escrita repetitiva,  tem muitos vícios e isso com certeza irrita alguns leitores mais apurados. A história  claro é focado em sexo... muito sexo, como disse não leva a reflexão sobre nada, não fará sua vida mudar... mas os personagens são cativantes, Chistian e Anastasia possuem uma química perfeita, e o mistério sobre o passado de Grey mantém o interesse para o próximo livro.
Concluindo se ainda não leu... pense no livro como um entretenimento e não como um clássico de Machado de Assis.
 Bom filme a todos!!!


0

0 comentários:

Postar um comentário