Image Map

RESENHA: A BATALHA DO APOCALIPSE

Título: A Batalha do Apocalipse
Autor: Eduardo Spohr |
Editora: Verus



Sinopse: Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.
Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.
Das ruínas da Babilônia ao esplendor do Império Romano; das vastas planícies da China aos gelados castelos da Inglaterra medieval. A Batalha do Apocalipse não é apenas uma viagem pela história humana, mas é também uma jornada de conhecimento, um épico empolgante, cheio de lutas heróicas, magia, romance e suspense.

RESENHA:

O livro como todos sabemos é um grande sucesso, demorei a fazer essa resenha por que sempre me vinham outras leituras e eu acaba sem tempo para lê-lo. 
Mas já que consegui, vamos lá até que fim!
O livro começa sua narrativa em 3º pessoa, mais surpresa! Apos um flashback, a narrativa muda para 1º pessoa. Algo fantástico pois passamos da visão de espectador, para a visão do próprio anjo renegado (Ablon) em sua busca por justiça.
Falando um pouco mais sobre o recurso de flashbacks muito utilizado pelo livro, temos nele a construção de um livro não linear onde somos transportados por fragmentos da história que nos ajudam a juntar as peças de seu quebra-cabeças.
O livro tem uma linguagem que não podemos chamar de simples, mais que porém é totalmente entendível e sem danos a trama. A história me surpreendeu em alguns pontos, detre eles alguns desfechos que pensava ter descoberto, mais que no final eram totalmente diferentes, o que me surpreendeu positivamente.
Em suma é um livro épico que carrega em seu enredo uma discussão sobre questões morais, sem perder o tom e se tornar monótono.

CLASSIFICAÇÃO DO LIVRO:



0

SENHORES PERFEIÇÃO: ISTO É AMOR!!!


Eu penso que um sentimento vai muito mais além que qualquer coisa e no caso eu falo sobre o amor, o amor pra mim vai muito mais além de te querer, nesse caso costumo falar que para mim o amor é algo sublime, vai muito mais além de que qualquer coisa que você possa imaginar, o amor é tão grandioso, é um sentimento tão puro, elevado,extraordinário,majestoso e por ai vai ... 

O amor é um dos sentimentos mais alegres dessa vida, mesmo em momentos tristes só o amor é capaz de fazer qualquer um bem, além disso na minha teoria o amor inspira sentimentos nobres, faz com que nós pense mais sobre a vida, sobre o próximo, sobre outros sentimentos que possa nos fazer bem. 

O amor é tão ....

O amor também é tão compreensivo, só quem ama de verdade, tem o poder de perdoar, o amor é um sentimento elevado, só ele tem a capacidade de te livrar do seu orgulho só ele é capaz de deixar de lado as coisas mais absurdas que possa haver nesse mundo, os fatos mais ruins, o amor tem mil e uma caracteristicas à mais importante de todas é amar e transmitir o conforto, a delicadeza, o carinho de coração aberto, além disso nunca duvide de quem diz que te ama de verdade, pois o amor vai além de qualquer coisa, para o amor não há defeitos, em grandes casos o amor é cego, o amor não ver face, nem personalidade, mais sim ver caracter e o seu coração.


1

A PIOR MULHER DO MUNDO

Título: A pior mulher do mundo
Autor: FRANCISCO HINOJOSA
Editora: NOVA FRONTEIRA
Assunto: LITERATURA INFANTIL


Trago desta vez um livro surpreendente, enredo simples e considerado infantil mais que faz muito adulto rir e achar a setíma maravilha do mundo. Seu título é A PIOR MULHER DO MUNDO!


SINOPSE:

Era uma vez, no norte de Turambul, uma mulher malvada. Não apenas malvada, mas a mais malvada das mulheres do mundo. Esta mulher punha a correr todos aqueles que chegavam perto dela, adultos e crianças, moços e velhos. Até que um dia os moradores do povoado decidem fazer algo para acabar com tantas maldades.

Temos uma mulher malvada neste livro como o próprio livro descreve a mais malvada das mulheres, que tinhas unhas e nomes e arranhava os vizinhos, além de espremer limões nos olhos dos filhos, tendo eles se comportado mal ou bem.
O livro tem uma escrita desafiadora e totalmente rebuscada para um livro infantil, o  faz com sua linguagem seja até certo ponto adulta.
Como disse anteriormente surpreendente, o livro faz você odiar a pior mulher do mundo e ansiar por vingança. O final é uma gracinha, porém tive a impressão de já tê-lo visto em outros livros ou até mesmo em algum filme de animação, mas vale apena ler.




0

O último olimpiano


FICHA TÉCNICA:
Título: O último olimpiano
Autor: Rick Riordan
Paginação: 384

A saga chega ao seu desfecho, finalmente ocorre o embate entre Percy e o titã cronos, e Percy inicia sua luta contra o próprio destino.

SINOPSE:
Os meios-sangues passaram todo o ano preparando-se para a batalha contra os Titãs, e sabem que as chances de vitória são pequenas. O exército de Cronos está mais poderoso que nunca, e cada novo deus ou meio-sangue que se une à causa confere mais força ao vingativo titã.Enquanto os Olimpianos se ocupam de conter a fúria do monstro Tífon, Cronos avança em direção à cidade de Nova York, onde o Monte Olimpo está precariamente vigiado. Agora, apenas Percy Jackson e seu exército de heróis podem deter o Senhor do Tempo.
Nesse livro que traz o aguardado desfecho da série PERCY JACKSON E OS OLIMPIANOS, o combate que pode acarretar o fim da civilização ocidental ganha as ruas de Manhattan, e Percy tem a terrível sensação de que sua luta, na verdade, é contra o próprio destino. É nesse momento que a sinistra profecia acerca do décimo sexto aniversário do herói se revela, e ele, enfim, encontra seu verdadeiro caminho.



O desfecho é impactante o certo e o errado, o sim e o não estão sempre na cabeça de Percy e na nossa também. Uma batalha épica. Com reviravoltas como toda luta entre o bem e o mal deve ser. O livro ganha em trama, desta vez os laços o segredos que levam Percy a ser o garoto da profecia são revelados. Riordan fecha com chave de ouro a saga, os toques cômicos dão leveza ao clima de constante tensão do livro.
Pendurem seus banhos pois este livro vale apena ler sem interrupções, e se der guarde também aquela vontadezinha de ir ao banheiro, mais se o piriri for grave, Percy com certeza entenderá, mais não espere biscoitos azuis debaixo de seus travesseiros a noite.



INGRID CARVALHO
1

A batalha no labirinto



FICHA TÉCNICA
Título: A batalha no labirinto
Autor Rick Riordan
Paginação: 392

Desde o primeiro capítulo o livro mostra aqui veio, seres monstruosos e batalhas eletrizantes marcam a continuação da sério Percy Jackson e os olimpianos. 

SINOPSE:
Percy está prestes a começar o ano letivo em uma nova escola. Ele já não esperava que essa experiência fosse lá muito agradável, mas, ao dar de cara com cheerleaders monstruosas e mortas de fome, vê que tudo, sempre, pode ficar ainda pior.
Nesse quarto volume da série, o tempo está se esgotando e a batalha entre os deuses do Olimpo e Cronos, o Senhor dos Titãs, fica cada vez mais próxima. Mesmo o Acampamento Meio-Sangue, o porto seguro dos heróis, se torna vulnerável à medida que os exércitos de Cronos se preparam para atacar suas fronteiras, até então impenetráveis. Para detê-los, Percy e seus amigos semideuses partirão em uma jornada pelo Labirinto, um interminável universo subterrâneo que, a cada curva, revela as mais temíveis surpresas.

O livro é com certeza um dos mais interessantes da série quando o assunto é batalhas e suspense, e o labirinto confere ainda mais elementos para que este clima seja gerado, a cada passo que os heróis dão nos vemos assim como eles a espera de novos desafios, e a cada um deles nos vemos ansiosos pelo próximo.
Ritmo, o livro é puro ritmo, quando achamos que as coisas ficaram calmas, aparecem novos personagens mitologicos para agitar e acabar com o marasmo.
Nota dez para o quesito ação do livro.

INGRID CARVALHO
0

A maldição do titã


FICHA TÉCNICA:
Título: A maldição do titã
Autor: Rick Riordan
Paginação: 336

Dando continuidade a série Percy Jacson e os olimpianos temos A maldição do titã. O livro carrega tensão entre suas linhas, eletricidade e água uma combinação perfeita para muita confusão.

SINOPSE:
Um chamado do amigo Grover deixa Percy a postos para mais uma missão: dois novos meios-sangues foram encontrados, cuja ascendência ainda é desconhecida. Como sempre, Percy sabe que precisará contar com o poder de seus aliados heróis, com sua leal espada Contracorrente... e com uma caroninha da mãe.
O que eles ainda não sabem é que os jovens descobertos não são os únicos em perigo: Cronos, o Senhor dos Titãs, arquitetou um de seus planos mais traiçoeiros, e nossos heróis serão presas fáceis. Um monstro ancestral foi despertado - um ser com poder suficiente para destruir o Olimpo - e Ártemis, a única deusa capaz de encontrá-lo, desapareceu. Percy e seus amigos têm apenas uma semana para resgatar a deusa sequestrada e solucionar o mistério que ronda o monstro que ela caçava. Ao longo dessa jornada, enfrentarão o maior desafio de suas vidas: a terrível profecia da maldição do titã.

Neste livro a relação de Percy com os deuses fica ainda mais próxima e tensa, muitos querendo a sua cabeça. E Cronos parece ainda mais forte, fazendo co mque Percy tenha trabalho em dobro. O foco do livro e a nova relação que se inicia, entre a filha de Zeus e o filho de Poseidon, uma relação conflitante, mais que se supera devido a grande amizade dos dois. O Campo do romance é explorado de forma discreta na relação de Percy com Annabeth, o que nos faz pesar que no próximo livro as coisas vão esquentar ainda mais o Olimpo.
Mas neste livro não foi tudo flores, temos uma gama de personagens secundários mal explorados, como as caçadoras que poderiam ter mais  a acrescentar na história como um todo. O final pode ser previsto com antecedencia pelos leitores, o que tornou a leitura monotona, só o que salvou foi a descoberta final, de mais um filho dos três grandes, de resto tudo muito previsível, mais a narrativa continua envolvente. 
Mas contudo a periculosidade de pendurarmos o banho para continuar lendo  diminuiu consideravelmente.


INGRID CARVALHO

1

O mar de monstros


FICHA TÉCNICA:
Título: O mar de monstro
Autor: Rick Riordan
páginação: 304

O Segundo livro da série Percy Jackson e os olimpianos, segue o mesmo rastro do primeiro,  porém nos dando mais detalhes sobre a profecia que Percy está destinado a cumprir, para a salvação ou destruição do Olimpo.

SINOPSE:
Percy Jackson tem um ano irritantemente calmo na escola. Nada de monstros, nada de confrontos. Nenhum perigo imediato a rondá-lo. Até que ele descobre que os limites mágicos que protegem a Colina Meio-Sangue estão se esvaindo. A menos que uma atitude seja tomada, o acampamento será atacado por demônios e monstros. A única maneira de restaurar o poder dos limites do acampamento é encontrar o mítico Velocino de Ouro.
Assim, nossos heróis partem em uma arriscada e incrível viagem pelo Mar de Monstros - que fica, adivinhe só: logo ali, no Triângulo das Bermudas! Lá, enfrentam seres fantásticos, muitos perigos e situações inusitadas, que põem à prova seu heroísmo e sua herança - experiências que farão Percy questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou, no fim das contas, uma terrível maldição.

O ponto forte de Riordan é sua narrativa despretensiosa como já sabemos, leve e entusiasmada. O ponto de destaque do enredo deste livro para mim foi a relação de Percy com seu meio irmão ciclope Tyson, uma relação engraçada, e comovente entre dois indivíduos que buscam aceitação e companhia como poderão ver durante a leitura.
O final do livro é inteligente, nos faz pensar: "esse era o real motivo para tudo isso!" vale apena  se surpreender.

INGRID CARVALHO



2

O ladrão de raios



Ficha técnica:
Autor (es): Rick Riordan
Título:O Ladrão de Raios
Páginas: 384





O livro de estreia da série Percy Jacson e os olimpianos nomeado de O ladrão de raios foi uma grata surpresa, leitura envolvente, cheia de ritmo e reviravoltas.

SINOPSE:
Os deuses do Olimpo continuam vivos, em pleno século XXI! Eles ainda se apaixonam por mortais e têm filhos que podem se tornar grandes heróis, mas que acabam, na maioria das vezes, encontrando destinos terríveis nas garras de monstros sem coração.
Apenas alguns descobrem sua identidade e conseguem chegar à Colina Meio-Sangue, um acampamento de verão em Long Island dedicado ao treinamento de jovens semideuses. Essa é a revelação que leva Percy Jackson a uma incrível busca para ajudar seu verdadeiro pai - o deus dos mares! -, a evitar uma guerra no Olimpo.
Com a ajuda do sátiro Grover e de Annabeth, uma filha de Atena, Percy é encarregado de cruzar os Estados Unidos para capturar o ladrão que roubou a mais poderosa arma de destruição já concebida: o raio mestre de Zeus.
No caminho, eles enfrentam uma horda de inimigos mitológicos determinados a detê-los. Em meio aos perigos dessa jornada, Percy precisa confrontar um pai que ele não conhece e se precaver de uma cruel traição.
O livro tem um ritmo perfeito, narrativa leve e agradável em primeira pessoa. A construção dos personagens é ótima temos Grover o amigo sátiro de Percy com suas trapalhada, mas sempre leal a seus amigos. Além dele temos Annabeth uma filha da deusa Atena que se divide entre sua simpatia com Percy e a animosidade que paira entre os pais dos dois (Atena e Poseidon), o que a leva a um conflito interno, ser ou não amiga de Percy?
Percy é um personagem cômico, está dentro de sua cabeça é uma ótima sensação, cheio de sacadas e brincadeiras, sem falar que é um verdadeiro herói, munido de lealdade e coragem e um pouco de sorte é claro.


Uma ótima leitura, leve perfeita para acompanhar um ótimo chocolate quente.





INGRID CARVALHO
1

Semana Percy Jackson

Olá meus caros,

Esta semana será dedicada a uma de minhas séries preferidas: Percy Jackson e os olimpianos. 
A série que teve seu inicio no dia 14 de  junho de 2005 com o lançamento de O ladrão raios ganha destaque nesta semana no SCRAP.

A partir de segunda teremos as resenhas dos livros que compõe a série.
Então fiquem ligados e não percam.

Beijos e ótimas leituras a todos.
3

Meu novo blog

Tenho mais um blog o M&M que descorre sobre melissa e moda, o fiz para que o scrap continuasse apenas como blog literário.
Vocês podem encontra-lo M&M clicando AQUI ou clicando na guia lista de blogs ao lado.

Beijos e como sempre boa leitura :)


Ingrid Carvalho



0