Image Map

Diário

DIÁRIO ATUALIZADO: TÁBUA DE PASSAR ROUPA :(
6

Voar.

O que posso fazer passarinho para que não andes tão tristes assim?
Me diz o porquê do teu pranto, das lágrimas incontidas, diz pra mim.
Quem lhe o roubou o encanto, o teu canto, a coisa mais linda que já vi.
O teu canto singular, cujo qual não havia  igual... e  que agora não ouço...silêncio da alma aprisionada, silêncio profundo, silêncio que mata.
No ócio agora vives, quase morto, o que passa afinal?
Na tua gaiola te encontro dia após dia mais descontente. Nem tua asas ousas a abrir, passarinho olhe pra mim.
E de um estalo fez-se a luz, entendi o teu pranto meu passarinho com cheiro de jasmim.
A liberdade é o teu remédio passarinho, como as rosas no jardim. Perdão por afastar-te do teu ninho, mas te quero tão bem meu Querubim. 
Liberto-te agora passarinho está livre pra voar.
Enquanto abria tuas asas e alçava voo refleti: se o amor é tal qual um passarinho, quero minhas asas para voar. E quem sabe um dia meu livre passarinho eu possa te acompanhar.
Até lá cante em baixo de minha janela só pra me alegrar ou quem sabe um dia me leve pra voar.
INGRID CARVALHO
4

Natal s2




Feliz natal  !! s2





Quero falar de Natal, quero falar, escreve, ler e descrever!
Natal é verbo, é traço, rabisco e retrato dos versos recitados, dos amores revelados, das vidas repartidas dos sinos tocados.
Natal é verbo! Verbo com a letra R!
R de Restaurar, Reciclar, Realçar, Relembrar, Reconquistar, Reluzir, Reaprender, Reproduzir, Reacender, Reconstruir, Redescobrir.... a paz.
O que é Natal? antes de ser uma data é um sentimento, é o famoso espírito de Natal. É luz, família, desejo de alegria é esperança no ar.

Mais antes de Natal ser espírito, Natal é verbo não com R mais com A... Natal é Amar, Amar, Amar!

INGRID CARVALHO

4

Selo de qualidade




  • Este blog foi presenteado com um selo de qualidade pela Juliana Alencar, do blog Pensamento Aleatórios , blog este, que eu indico sem titubear *-* . Não obstante, tenho que falar 10 coisas sobre mim e indicar mais 10 blogs para serem presenteados com o selo. Obrigada pelo carinho Júh! *-*

    Então, sem mais delongas, vamos lá!

    - 10 Coisas sobre mim:

    • Sou uma traça de livros
    • Amo chocolate com todas as minhas forças *_*
    • Sou ciumenta nivel 9
    • Amo ver o por do sol, ou simplesmente olhar pro céu e ver oq tem lá no momento.
    • Adoro passar perfume antes de dormir, ou a qualquer hora do dia mesmo.
    • Gosto de escrever posts reflexivos, mais adoro uma bobagem também
    • Sou doida por sapatos, bolsa, roupas, e....e....e patricinha mesmo (rsrsr)
    • Tenho ultra sensíbilidade nas costas
    • Amo me espreguiçar.
    • Sou manhosa.

    - Segue abaixo os 10 blogs indicados :

14

EM TI !

"Olá, guardador de rebanhos,
     Aí à beira da estrada,
     Que te diz o vento que passa?"
     "Que é vento, e que passa,
     E que já passou antes,
     E que passará depois.
     E a ti o que te diz?"
     "Muita coisa mais do que isso.  
     Fala-me de muitas outras coisas.  
     De memórias e de saudades 
     E de coisas que nunca foram."
     "Nunca ouviste passar o vento.
     O vento só fala do vento.
     O que lhe ouviste foi mentira,
     E a mentira está em ti."



A mentira está em cada um, no mentir que não quebrou o copo, ao acusar um inocente! A mentira está em ti!!
Quando diz que foi a padaria,  mais foi se encontrar com a visinha! a mentira está em ti!
Quando diz que ama, mais no fundo difama! A mentira está em ti!
Quando diz que não quer, mais no fundo deseja! A mentira está em ti!
Quando diz que esqueceu, mais olha as fotos e relembra os momentos que viveu! A mentira está em ti!
Até quando váis mentir!? Queres a chave daquele coração mais menti sem qualquer razão! 
Então pergunto em vão " o que te diz o vento que passa?"
1

DIÁRIO

DIÁRIO ATUALIZADO: SURPRESA!
4

DIÁRIO

DIÁRIO ATUALIZADO: CHOCOLATE+ DRAMA+ MURO!
0

GRITO

Você vai gritar?!
Por que está gritando??
Você está gritando para me assustar? por que não sei como te dizer, mais eu tenho quase certeza que isso não é assustador!
Mais gritos!? você vai continuar a gritar!? irritante! Já disse, isso não é assustador!
Você não pode controlar suas emoções, mais apenas suas ações.Pare... de... gritar.
Você vai acreditar em mim?...... eu minto sobre tudorsrsrs!
Mais anime-se todo mundo mente. Eu não quebro as regras apenas as ignoro, e construo minhas próprias regras. Eu respeito tudo que merece ser respeitado, então poupe os meus ouvidos.
As pessoas costumam escolher os caminhos que lhes dão mais recompensas com menos esforço, você é uma delas, então pare de gritar já se esforçou de mais.(RSRSRS)
Se eu fiquei maluca? bem, de fato fiquei maluca, mais não idiota.
Eu sou bizarra?! Concordo, mais veja, no fundo bizarro é algo bom. O comum tem milhares de explicações. O bizarro dificilmente tem alguma, ou seja, não precisara gastar mais nenhum de seus gritos me analisando.
Você me odeia? bem eu poderia dizer que existe um linha tênue entre o amor e o ódio, mas, não, não existe uma linha tênue entre o amor e o ódio. Na verdade, existe uma Muralha da China armada com soldados armados a cada 6 metros, entre o amor e o ódio. É você realmente me odeia.
Você vai me machucar? tem certa?você está falando sério? Você vai me machucar? bem isso é assustador! Porém eu tenho quase certeza que consigo correr de você!(RSRSRS)
2

BRUXA

O que são as mulheres, bruxas ou fadas?
Quem sabe os dois, afinal somos todas encantadas.
Em nossos caldeirões, fazemos a mais bela magia, que arrebata corações a mais pura fantasia
Com esta magia, levamos qualquer um a viajar infinitamente, pelas estradas da ilusão, tão contentes.
Também despertamos corações, que andavam tão dispersos em meio a multidão, e agora pulsão num estalar, que causa até comoção.
Somos todas apaixonadas, atiçamos, enfeitiçamos, cantamos e encantamos.
Somos sedutoras, luz e sombras...somos todas paixão, a mais doce brisa de verão.
E eu o que sou então?... sou uma bruxa das palavras, que as transforma em poesia, rimas e versos totalmente  controversos, e pula de alegria.
Somos fadas, magas, bruxas, que prendem corações aos seus, pois tem medo da solidão, medo do eclipse que lhes rouba a Lua e Sol, e até a luz do farol .
Somos inspiração, magia, amantes, feiticeiras do amor!
Somos mulheres, somos o que queremos ser.
INGRID CARVALHO
4

Passos

Sigo no compasso os passos agora  descompassados....
entre estes passos que ainda não finda, sigo outros passos melhores ainda, e onde estão estes nas curvas , nas ruas paralelas, nas linhas verdes ou amarelas. Perdida assim me encontro e os passos só ecoam.
Sigo então as estrelas, Sul ou Norte com destreza, brinco também com as nuvens velhas amantes companheiras. 
Passos perdidos aceleram o coração, versos não tenho... palavras em vão.A emoção domina... porém o controle das estrelas ainda proponhem a rima.
E voltam os passos propensos a seguir... em sua caminhada finge que não chora, finge que sorrir.... e a felicidade breve depois de remorso vem suprimir.... as batidas fortes do coração que acelerou em vão.
Suas mãos declamam versos, que e inutilizam os passos...  e vejo que só há o descompasso.. nos versos que agora desfaço.
Sem pressa os passos não oprimem.... passos calmos e seguros que desbravam o escuro.E na vastidão deste mundo não gosto de passos obscuros.
INGRID CARVALHHO

9

DIRTY DANCING

Sabe aquele filme que tem aquela música aquela história, que todo mundo acha meio água com açúcar mais que você adora... bem eu tenho um filme com aquela música e com aquela história o filme é DIRTY DANCING- Ritmo quente. Onde Baby e Johnny vivem uma história de amor daquelas, interpretados por Patrick Swayze e Jennifer Grey.
Vejo o filme uma vez por ano, de baixo dos cobertores soltando altos suspiros rsrsrsr!
Abaixo o vídeo que mostra cenas do filme com a música tema do casal Baby e Johnny ( I'VE HAD THE TIME OF MY LIFE) . Que está legendada.
Pois como disse Johnny em sua mais louca e marcante frase no filme
- Ninguém deixa Baby de lado.

2

Música.

Música... quero ouvir música. Uma bem lenta e calma que cadencie meus passos, e atire-se no espaço dos meus sonhos vagos.
Ouço os acordes, melodia doce e  calma, que afaga, que suplica uma infame agonia, dos braços ávidos e mãos inconstantemente sapientes, que acordam e queimam a pele, um vai e vem de sensações, e dos sons retiro a alegria, sinto tudo até o que não sentia. O veludo, a umidade, a vontade... apenas sinto.Tudo é som, contrações, ressonância, vibração.
E não mais que de repente se fez o silêncio, não ouço mais dó, nem o ré nem o mi, e então  distante.... bem distante um gemido fáduo de gozo incontido de prazer e beleza rara. O que seria um piano de calda, ou uma cálida lira?
Encontrei a fonte do som, que vinha das mãos que tocavam o instrumento de forma ávida... ele então relaxou, refletiu... e de seu espanto se fez o canto, e instrumento sem som revigorou em encanto.
Porém o prodigioso músico queria mais... muito mais do instrumento não conteve-se, e por sua vez o instrumento flexionou  tornando-se  mais maleável a seu toque acetinado , e a fricção entre o arco e as cordas ficou intensa , uma harmonia errante de formas belas e constantes que só podia se chamar... música.
INGRID CARVALHO
2

Diário

DIÁRIO ATUALIZADO: VERDES :(
 e continuado.....
0

Open!

Tudo está tão estranho e tão falso, eu não quero desperdiçar mais nem um minuto! Abra os olhos!
Tudo dói, está tão frio! Abra os olhos!
Estou tão cansada, o tempo passa! Abra os olhos!
A raiva me corroí por dentro, não vou ficar aqui colando meus pedaços nem curando meus cortes! Eu quero...Eu quero tanto abrir seus olhos. Por que eu preciso... preciso tanto que veja dentro de mim. Abra os olhos!
Me diga apenas uma coisa.... me diga que abrirá os olhos.
Levante, vá embora, apenas saía a partir de agora, cada minuto cada pedaçinho de tempo que tiver faça... apenas faça... Eu  quero tanto que abra os olhos, pois quero que veja.. me veja um pouco mais .... abra os olhos... me diga que abrirá os olhos.
Vamos levante, levante, vá embora, saía apenas saía. Pois ninguém tem nem nunca terá a sua alma, o seu jeito, a sua chama. Pegue a minha mão, entrelace seus dedos nos meus. Mais antes me diga que você abrirá seus olhos.
Tudo isso parece tão estranho e falso. Não perca mais nem um momento, abra seus olhos.
0

Coração

Sabe quando seu coração erra uma batida?? Não sei se isso aconteceu com vocês... Não sei se um dia irá acontecer com um de vocês! Só sei que isso acontece comigo, e o versinho se torna realidade" alguma coisa acontece no meu coração" só que eu não preciso cruzar a Ipiranga nem a Avenida São João. 
Podia ser um problema cardíaco, mais não é, costuma acontecer em momentos de grandes emoções. Eu percebo e de repente mentalmente falo volte a bater.
Risível? É... totalmente.
Sabe aqueles momentos de tirar o fôlego, como a descoberta de um pensamento, euforia por qualquer motivo que me deixe a esmo, faz meu coração errar uma batida. Considero estes momentos marcantes, pois mais vale o descompasso do meu coração do que suas batidas aceleradas. São nestas paradas que guardo as lembranças de momentos únicos, pensamentos que tive que descompassaram meu coração. 
Como explicar é aflitivo por que é quase morte, mais é excitante, pois com certeza é um momento de alegria , ou de extrema euforia, ou os dois juntos.
O coração é inconstante, relutante e empolgante! O que é um coração um músculo involuntário apenas?  Digo que não..... coração é pura emoção, é tudo que nós tira o fôlego, tudo que nos apaixona.
Coração é coração, e continuarei a errar suas harmoniosas batidas.
3

Diário

DIÁRIO ATUALIZADO: ESCREVENDO, ESCREVENDO.
0

:)

Os melhores começam de vagarinho, disfarçadamente, com um certo tom dissimulado quase imperceptível.
E de repente lá está ele, o sorriso.
Um sorriso aquece até o coração mais frio. Mais um sorriso só vale quando é acompanhado de brilho no olhar, pois,  não é sorriso não tem o mesmo valor, não transmite aquele etéreo calor e emoção que nos esquenta e acalenta.
O sorriso é encantador, emana beleza, suaviza oferta riqueza. O tesouro mais escondido o tesouro da alegria, do amor e da pureza. E muitas vezes um sorriso de esperança, para que a dor se espante com tamanha brandura e se afogue e suma diante daquele faguerio sorriso que espanta a tristeza.
Devemos sorrir de nós mesmo, pois há coisa mais engraçada do que sorrir da gente.
Devemos sorrir para o vizinho que toca música alta, e que sempre nos comprimenta com cara de ressaca.
Devemos sorrir para o amigo aquele mais querido, e para o inimigo que quem sabe iluminado pelo sorriso possa se fazer um grande amigo.
Devemos sorrir pra família, um sorriso especial, aquele sorriso que te faça doer as bochechas, o sorrido da felicidade.
Devemos sorrir para o ser amado, aquele sorriso mole e abobalhado.
Apenas sorria, sorria o tempo inteiro.
INGRID CARVALHO
4

Um defeito nas mulheres

Um belo texto:

Quando Deus fez a mulher, já estava nas horas extras de seu sexto dia de trabalho. Um anjo apareceu e lhe disse : - 'Por que gastas tanto tempo com esta?'
E o Senhor respondeu:
- 'Você viu minha 'Folha de Especificações para ela? Deve ser completamente flexivel, porém não ser de plástico, ter mais de 200 partes móveis, todas arredondadas e macias e ser capaz de funcionar com uma dieta rigida, ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo que possa curar desde um joelho raspado até um coração ferido'
O anjo se maravilhou com os requisitos.
- E este é somente o modelo Standard? É muito trabalho para um só dia. Espere até amanhã para terminá-la, Senhor.
-" Não o farei, - protestou o Senhor. Estou muito perto de terminar esta criação, que é a favorita de Meu próprio coração. Ela já se cura sozinha, quando está doente e pode trabalhar 18 horas por dia."
O anjo se aproximou mais e tocou a mulher.
- Porém a fizeste tão suave, Senhor!
- É suave, disse Deus, porém a fiz também forte. Não tens idéia do que pode agüentar ou conseguir.
- 'Será capaz de pensar?' Perguntou o anjo. 
Deus respondeu:
- 'Não somente será capaz de pensar, mas também de raciocinar e negociar, mesmo que pareça ser desligada ela prestará atenção em tudo o que for importante'.
Então, notando algo, o anjo estendeu a mão e tocou a pálpebra da mulher...
- 'Senhor, parece que este modelo tem um vazamento... Eu Te disse que estavas colocando muitas coisas nela".
- 'Isso não é nenhum vazamento... É uma lágrima', corrigiu-o o Senhor.
- 'Para que serve a lágrima?' Perguntou o anjo. 
E Deus disse:
- 'As lágrimas são sua maneira de expressar seu amor, sua alegria, sua sorte, suas penas, seu desengano, sua solidão, seu sofrimento e seu orgulho".
Isto impressionou muito ao anjo.
- 'És um gênio, Senhor. Pensaste em tudo.  A mulher é verdadeiramente maravilhosa".
- "Sim, ela é! A mulher tem forças que maravilham os homens. Agüentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais, porém, têm amor e sorte. Sorriem, quando querem gritar. Cantam, quando querem chorar. Choram, quando estão felizes e riem, quando estão nervosas. Lutam pelo que acreditam. Enfrentam a injustiça. Não aceitam 'não' como resposta, quando elas acreditam que haja uma solução melhor. Se privam, para que sua família possa ter algo. Vão ao médico com uma amiga que tem medo de ir. Amam incondicionalmente quando seus filhos não triunfam e se alegram quando suas amizades conseguem prêmios. São felizes, quando ouvem falar de um nascimento ou casamento. Seu coração se despedaça, quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não há mais forças. Sabem que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido.  Porém, há um defeito que não consegui corrigir:                

- É que às vezes elas se esquecem o quanto valem.

                             
Autor: Anonimo
3

Tic-Tac

Tic-tac, bate o relógio. Tic-tac sem demora.
Tic-tac passa a vida, tic-tac outra hora.
As respostas desenhadas, pensadas e constantes, como os ponteiros do relógio como as passadas de um gigante, e o relógio anda, anda ainda pra mais distante, onde as almas não calam só jorram incessantes.
Tuas respostas eram tão indiretamente diretas que pararam o relógio, e por um  momento me esqueci do tempo, das horas, dos minutos , dos segundos,  e de tudo que não cabe nestes versos.
Dos estudos poéticos de tua língua árdua  me ative a história prosaica e tutora do tempo, da melancolia do passado, e que outrora forá a gloria, a paixão o desejo, a razão  e o sentimento tudo o que aflora dentro do teu peito .
Porém tua língua não queria história, queria biologia, e das asas de um anjo irrompeu a anatomia. Um convite daqueles difícil de se recusar. É aquele tipo de insinuação que te arrepia a pele e te faz desejar. Um desejo fogo de palha que se incendeia e se apagar com o soprar do vento, que num dado momento se fez repleto de significado, das coisas não ditas dos versos calados.
O fogo se instigue e o relógio volta a se mover, e entre os seus tic-tac rápidos desejo uma boa noite pra você. 
Ingrid Carvalho
3

How To Touch a Girl

Há músicas que marcam um determinado momento de nossas vidas, hoje me lembrei de uma música que ouvi bastante a 3 anos atrás  How To Touch a Girl da Jojo! Ainda gosto muito dela.

0

Inconvenientemente conveniente!

Sabe aquele monte de parente inconveniente, que vem a sua casa um vez por ano e que quando vem parece não querer saber de ir embora... pois é eu tenho está espécime rara que nunca entrará em extinção. Estou escrevendo este texto na presença dos mesmos só que sem o  seu conhecimento.Ilário, estou me contorcendo de rir por dentro.
A minha comunicação com esses seres desconhecidos  e ao mesmo tempo que se acham os mais íntimos, se restringe a um boa tarde, como vai? tudo bem?! E logo depois um tchau meio sem graça. Ouço todas as sua conversas desinteressantes com meus pais que parecem deverás interessados nas últimas fofocas famíliares, fato extremamente constrangedor. Ouvir aquela mesma conversa mole, aquele mesmo mau falar da vida aleia me entedia completamente.
Estou sendo Chata, com C maiúsculo? Não só Educada com E Maiúsculo. Quando se vai a casa de alguém deve se seguir normas... uma delas é ligar antes de aparecer, não tem a mínima graça chegar de surpresa, pelo menos eu não vi. 
Tive que ir abrir a porta por um infortunío do destino, poxa vida tipo é sábado acabei de chegar da faculdade, tava morrendo de sono, estava com uma camisola nada familiar, transparente demais, tipo priminha o que é isso?! Esse foi o olhar do meu primo! E a mulher dele me olhou tipo, vai por uma roupa decente! E o bebe deles esse eu não posso afirmar no que pensou, graças a Deus, mais ficou mordendo e dando tapas nas minhas pernas descobertas, terror puro. Apareceu minha priminha também querendo devorar todo o meu chocolate, mais por motivos que desconheço deixou meus sonhos de valsa intactos.
Fiquei a margem de tudo, meu primo como sempre disse que me elogia pra todo mundo, e pior que é verdade ele me acha como ele mesmo disse: " muito desenrolada".
Família é tudo igual uma repetição indefinida e natural, não sei como dizer mais apesar dos pesares é família fazer o que?.
 E quando foram embora deixam um silêncio e uma sensação de vazio, do espaço antes cheio, que era preenchido por uma coisa irritante e ao mesmo tempo aconchegante, algo extremamente...... Familiar!
4

Loba...

Não devemos confiar nas pessoas, sempre mentem é um fato, só de respiranrem já inspiram mentira! Estou sendo radical?! Não estou sendo literal.
Todos mentem é fato.
Seja por que motivo for, mentem. E para mim não existem motivos bons ou ruins para uma mentira, só o que existe é a MENTIRA.
Eu acusadoramente, vos digo a maior mentira está em ti.
Fui enganada comprando lobo em pele de cordeiro.
Porém este texto marca o fim do que era finito, e um recomeço de agora em diante não te devo mais respeito.
Guardarei tuas vestes de cordeiro, para lembrar que no final das contas todos MENTEM!
Relendo este texto descobri que estava escrevendo pra mim, menti, menti. Só te feri. E entre minha pele de cordeiro carrego minha  calda e as orelhas de raposa que denunciam minha mentira cada vez mais errônea.
Te magoei de maneira profunda, realmente não me deves mais respeito, a frieza e a distancia minhas amigas brincaram e reinaram em teu peito. Só tenho agora um sonoro ME DESCULPE! PERDÃO!
Ingrid Carvalho

MENTIRAS
Mentiras que ferem a alma e estraçalham o coração
destroem sonhos e criam ilusões causam tanta dor
que num certo momento da relação viram rancor
inconseqüência cruel da mente insana que acabou
com nosso amor de uma maneira tão desumana....
Por quê???????? Menti dizendo que gostava de ti....
Miguel Angelo
2

DIÁRIO

DIÁRIO ATUALIZADO: REVIVENDO!
3

Colorindo

Tudo que sinto não me diz respeito, tudo que vejo são imagens no espelho.
A minha volta não há mal que eu sinta, não há chuva que me molhe, não há arrepio.... só há morte.
A morte é impetuosa, infame e mórbida, nos tira e apenas tira e não devolve.
A sensação, o sopro, o vento,chama, a cama, a vida... a morte come e não deglute apenas empurra e engole.
A fome é tanta que mata até a própria fome, e ainda insatisfeita come todos os meus desejos e pensamentos.... fico a contar o tempo.
A morte come tudo, até mesmo o que não é comestível, afoga e queima, mata e envenena.
A morte é escura, sombria e nodosa. É impetuosa...
Porém algo mudou...resolvi colorir tudo..... para dissolver este sopro de morte.
Vou pintar com aquarela doce e bela e embelezar até a morte, que de tão ofendida se retirou e me atirou a própria sorte.
Colori com tinta guache toda a dor, mas uma chuva caiu e levou toda cor, e transformou meu dia em  cinza, e deixou tudo sem calor.
E entre as batidas rápidas do meu coração, encontrei lápis de cor, e com o que restou  pintei a vida com ardor
E entre idas e vindas , a vida voltou a ser cor-de rosa, me deixando verso, poesia e prosa.
2

Anônimo

Desconheço, não sinto, ignoro, não sei...
Por que fala, por que escreve, por que diz, por que omite e insiste, me diz! 
Quero saber, anseio saber, desejo saber, me  ofende não saber..., por que não sei....apenas não sei!
Descaradamente desnuda meus textos, os entra no âmago e traduz minhas entrelinhas. Como te atreve entre teus devaneios loucos tirar-lhes a venda e os pôr em agonia, a chorar aos soluços perguntando quem lhes roubou o segredo, a intimidade, o sacro, as inverdades, a falta de vergonha, a ironia e por fim toda a gentileza a certeza, a coragem, a leviandade e sagacidade. Misturadas com uma pouco de amor e  com uma pitada de pecado. Pecado não maior que o teu que te escondes no anonimato.
Teu atrevimento, diverte, me tira um sorriso cínico do rosto, aquele sorriso fagueiro a espera de ler- te de novo.
Então escrevo, e ainda escrevo, sobre quem não sei quem é, tentando adivinhar seus gostos, sua vontades, então me perco e descubro que o só sei que nada sei realmente é fato, e a falta de tato, me tirou o retrato de um rosto desconhecido e falho. Agora desnorteada, dizendo tudo e ao mesmo tempo nada, vou em busca, do que não há, do que não toco, do que não sinto, vou em busca de tudo, do laço, da chama, da lama, do verso, do poema,  do traço, um simples traço de significado.
5

Verbo Brincar...

ELE DIZ:
Vamos brincar? vamos começar?
Direi que te quero, sussurrarei em seu ouvido palavras bobas e tolas, e você derreterá.
Brincarei com seu cabelo farei cafuné, e você suspirará.
Direi que é pra sempre te olharei no fundo dos olhos, e você se iludirá.
Beijarei tua boca da maneira mais doce e colocarei a mão em seu rosto, e você gemerá.
Direi que te amo, abraçarei  bem forte, e você acreditará.
Te enganarei, e você ainda sim me amará.

ELA RESPONDE:
Vamos brincar? vamos começar?
Direi que não te quero, gritarei em seu ouvido xingamentos improferíveis, e você me odiará.
Puxarei seu cabelo e arranharei com força, e você rosnará.
Direi que nunca mais, enfiarei meu dedo no teu olho, e você chorará.
Morderei tua boca, estapiare teu rosto, e você sofrerá.
Direi que te odeio, te empurrarei com nojo, e você se arrependerá.
Te esquecerei, e você começará a me amar.
Ainda quer brincar? Não?! Tem certeza?!
Então ficaremos só com a verdade, o verbo brincar deixa pra lá.

INGRID CARVALHO
2

Poesia

Poesia alimenta, inebria, dissolve, excita.
Somos de certa forma todos um poema, de amor, de dor, de saudade, de felicidade, ou apenas um poema que não que dizer nada,apenas palavras soltar a rimar. 
Se tudo é poesia e eu vos digo, sou poesia! Prefiro as mais inquietas, as que te provocam arrepios, ou rubores inesperados,ou apenas um calar resignado a espera de significado. 
A poesia as vezes nos calunia, nos entrega, nos a apavora, nos consola e nos põe a chorar ....a lembrar... do que lembro não sei... o que me fez chorar.... muito menos.... mais chorei... chorei... chorei ainda mais e retirei meu no da garganta em uma quinta feira amarga de inverno... e o que vi no meu choro incontido e público? Vi POESIA em todos os meus poros em todas as minhas extensões. Vi poesia descer por minha nunca , percorrer minhas costas, rodopiar em minha cintura , depois subir todo o meu dorso, me acaricia levemente e então me apertar de súbito, comprimir minha boca em um beijo sedento e fugaz que me provocou arrepios.
O poema começava a ficar pronto, convidativo a mais uma rima, então parei, gemi, respirei, suspirei e cessei.

Ingrid Carvalho
5

Cansada

Estou cansada....só de pensar em como minha semana está arruinada! Sério muita coisa pra fazer ao mesmo tempo me dói até pensar, tento ver alguma forma de aliviar, mas só vejo mais, mais, mais a fazer, mas tenho que fazer tudo se não ficarei decepcionada comigo mesma e ai vai ser pior... afff chatice!!!
Não consigo resumir meu cansaço em palavras, até conseguiria mais estou cansada demais pra escrever... então apreciem o poema que demonstra o meu cansaço chato... chato...

Cansaço
 
O que há em mim é sobretudo cansaço — 
Não disto nem daquilo,
Nem sequer de tudo ou de nada:
Cansaço assim mesmo, ele mesmo,
Cansaço.

A subtileza das sensações inúteis,
As paixões violentas por coisa nenhuma,
Os amores intensos por o suposto em alguém,
Essas coisas todas —
Essas e o que falta nelas eternamente —;
Tudo isso faz um cansaço,
Este cansaço,
Cansaço.

Há sem dúvida quem ame o infinito,
Há sem dúvida quem deseje o impossível,
Há sem dúvida quem não queira nada —
Três tipos de idealistas, e eu nenhum deles:
Porque eu amo infinitamente o finito,
Porque eu desejo impossivelmente o possível,
Porque quero tudo, ou um pouco mais, se puder ser,
Ou até se não puder ser...

E o resultado?
Para eles a vida vivida ou sonhada,
Para eles o sonho sonhado ou vivido,
Para eles a média entre tudo e nada, isto é, isto...
Para mim só um grande, um profundo,
E, ah com que felicidade infecundo, cansaço,
Um supremíssimo cansaço,
Íssimno, íssimo, íssimo,
Cansaço...

Álvaro de Campos, in "Poemas"
Heterónimo de Fernando Pessoa
3

New ...

O blog ganhou uma nova imagem espero que curtam porque eu adorei!
Não que não amasse minha doce boneca pensante de olhos frios e misteriosos...
Mas achei que tinha que mudar...
Agora temos nossa doce garotinha com suas asas ao luar, com olhos agora cheios de alguma coisa que não sei dizer o que é, mais mesmo assim, instigantes e misteriosos :)
Tive certeza ainda mais que era essa a imagem do blog quando esse poema me caiu nas mãos.( sem falar é claro na minha obsessão por THE WINGS em português: as asas, música do filme Brokeback Mountain)  mas o poema fala da beleza de ter asas e termina falando da lua dois elementos presentes na imagem, e que parece revelar os segredos dos olhos de minha garota com asas ao passar de suas rimas ritmadas.....

"Quero minhas asas"

Hoje,
acordei com saudades
De voar na imensidão de mim mesma...
E entre meus guardados,
Procurei minhas asas.
Houve um tempo em que
voava,
E me perdia numa estranha alegria
Escutando o vento.
Agora outra vez...
Pelo céu quero voar,
E por sobre a muralha dessa vida,
Construir meu momento.
Sem medo,
Deixar-me envolver na mais doce loucura
Lançar-me nesse vazio,
E absorver o silêncio profundo e vasto
Que me dá todas as respostas
Hoje quero voar...
Libertar o coração das amarras,
Deixa-lo livre
Para desvendar os horizontes
Desvanecer no espaço.
Esconder-me do mundo fazer parar o tempo...
Viver o sonho mais sonhado.
E num ato encantado,
dormir, no colo
da lua. 
Glória Salles
2

Meus Pêsames...


 Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressureição e a vida.
Aquele que crê em mim ainda que morto viverá.
E todo aquele que vive e crê em mim, jamais morrerá....
João 11:25-26
2

Ouvi/ Revisado ápos noite insone

Não tenho nada a dizer .....
só ouvi a música e gostei na verdade resgatei, música do filme Brokeback Mountain filme que me fez chorar pra caramba... e a música não sei porque não faz meu estilo mas mexe comigo, não sei porque a postei só queria sei lá deixa pra lá, não precisa ouvir, pode descer pro outro post... mais se ouvi ... quer saber ...sei lá! são tantos não sei porque neste post......  nome da música: The Wings  
Revisei o  post  por que hoje acordei pensando na música.... achei que merecia um post melhor... e o que fiz depois add ao meu mp3 :)

Letra:

As asas
Você me dá asas para voar
Você é o céu azul e claro
Eu estou flutuando tão livre, tão alto
Caindo com graça
Para você e eu
Você me dá asas para voar
Yeah Ooo

Você me dá asas para voar
Você é o céu azul e claro
Eu estou flutuando tão livre, tão alto
Caindo com graça
Para você e eu
Você me dá asas para voar








2

Anjo?!

Hoje incrivelmente me fizeram uma pergunta que me tirou dos eixos por uns segundos.
Juro que meu coração pulou uma batida antes de responder, a pergunta que me pegou de guarda baixa! Logo em um dia nublado e chuvoso, onde eu estava preocupada em responder outras questões.
Foi a conversa mais louca que já tive com um desconhecido. Por que começei a conversa não sei! Acho somente que as vezes quando vemos alguém sozinho, com aquela expressão de possível "suicida" devemos parar por um breve segundo. Assim que desci do ônibus me deparei com aquele figura de aparência destroçada, não digo roupas, físico nada disso! O rosto destroçado por lágrimas. 
As pessoas da parada afastadas, como se o individuo sofredor fosse um leproso que... que... desculpe interromper minha narrativa e que meus dedos tremeram por um instante e alguma umidade já minha conhecida repousou em meu olhos. 
Porém continuando a figura de dor repulsiva, chorava initerruptamente, ele devia no máximo ter uns 25 anos mais juro que parecia mais novo. Físico e vestuário impecável, mais com um semblante mortificado, não brinquei acima quando disse que vi "suicida" estampado em sua testa.
Me aproximei desviando do meu caminho de casa, e então eu lhe perguntei:
- VOCÊ ESTA BEM, PRECISA DE AJUDA?
E ele respondeu com uma pergunta:
-ME RESPONDE UMA COISA, VOCÊ É UM ANJO QUE CAIU DO CÉU PRA AJUDAR AS PESSOAS? PORQUE VOCÊ PARECE UM!
E eu respondi  após meu coração ter errado uma batida:
-NÃO, NÃO SOU UM ANJO, MAIS GOSTARIA MUITO DE TER ASAS!disse dando uma breve risada.
Sentei na parada e fiquei lá do lado do moço desconhecido enquanto ele encharcava o chão, não disse nada por que não tinha o que dizer, eu não conhecia o ilustre desconhecido, então não sabia o que dizer pra acalma-lo. De súbito ele parou de chorar.
Eu perguntei: 
-ESTA MELHOR? POSSO AJUDAR?!
Ele disse :
-JÁ ME AJUDOU ANJO. disse sorrindo.
Então ele se levantou e foi embora. Eu fiz  o mesmo voltei a pegar o caminho de casa, e me perguntei:
- POR QUE  ESSAS COISAS SÓ ACONTECEM COMIGOKKKKKKK!
 Outra pergunta me veio de repente:
-O QUE SERÁ QUE DEIXOU ELE TÃO TRISTE? isso acho que nunca vou saber!
Sei que ele não lerá este post, mas desejo que o meu ilustre desconhecido esteja bem, afinal ninguém nunca havia me chamado de anjo de maneira tão sincera que me fez até errar uma batida do coração... S2 S2 S2
Que Deus o ilumine e lhe dê paz !
0

Questionário

Respondi esse questionário na net e resolvi compartilhar!
E passo para quem quizer faze-lo!

Se fosse um mês: Agosto, o mês que ninguém gosta o mês do desgosto, porém eu adoro!
Se fosse um dia da semana: Segunda-feira
Se fosse uma hora do dia: 18h
Se fosse uma direcção: Sul
Se fosse um móvel: Cama
Se fosse uma bebida: Suco de maracujá
Se fosse um pecado: Luxuria
Se fosse uma pedra: Diamante, apesar de ter uma queda por esmeraldas
Se fosse uma árvore: Um carvalho
Se fosse uma fruta: Goiaba
Se fosse uma flor: Rosa
Se fosse um clima: Polar
Se fosse um instrumento musical: Piano
Se fosse um elemento: Fogo
Se fosse uma cor: Preto
Se fosse uma criatura fantástica: Anjo
Se fosse um inseto:Borboleta
Se fosse um som: suspirro
Se fosse uma música: Não consigo responder são tantas...
Se fosse um sentimento: Prazer
Se fosse uma personagem da mitologia grega: Atena a deusa da sabedoria \o/
Se fosse uma comida: Chocolate
Se fosse uma palavra: Loucura
Se fosse um lugar: Floresta, a mais sombria possível kkkkkk
Se fosse um cheiro: De rosas
Se fosse um verbo: Sussurrar
Se fosse um objecto: Caneta
Se fosse uma parte do corpo: Olhos
Se fosse uma expressão facial: Um levantar de sombrancelha
Se fosse uma personagem de desenho animado: Naruto,uhuuuuuu
Se fosse um filme: O pianista
Se fosse um número: 7
Se fosse uma estação: Inverno
Se fosse um acento: Agudo
Se fosse um sinal de pontuação: Interrogação
Se fosse um acessório: Colar
Se fosse um adjectivo: Incrível rsrsrs
Se fosse um gesto: um abraço
Se fosse um tique: Mexer no cabelo
Se fosse um quadro: Os Girassois de Van Gogh  
1

MORTE

Posso morrer?! Morrerei agora se você me pedir! Morrerei antes mesmo de você perceber! Morrerei antes mesmo da morte vir me buscar, morrei até mesmo se você não deixar!
Já tive medo da morte hoje não tenho mais, enquanto chove construo meu caixão de azevinho e pinho.Tão macio e quente é meu caixão, sinto seu pulsar o que me põe atenta a observar. Concluo portanto que a morte me causa um prazeroso arrepio.
Posso morrer?! Morrerei agora se você me pedir! já disse e repito morro se você pedir, me peça, estou implorando pra que peça em alto e bom som ou sussurre em meu ouvido para que eu morra de súbito, de arrebato, de imediato, no ato, e eu morrerei, morrerei de amor.
Porém raciocinei, pensei e perguntei: -Se morre de amor?!!
E Gonçalves Dias me respondeu:- Não, não se morre.
Então conclui o amor é uma mentira uma ilusão banal e vazia que nos engana dia após dia. 
E deixei de ler o resto do poema pois a resposta ele já havia me dado, porém algo lá no fundo me dizia que ele não a havia completado, mais deixei isso pra outro dia, um dia menos chuvoso e nublado onde eu possa ler o poema e achar um significado.

Ingrid Carvalho
0

Diário

Diário atualizado: O que você faz??!!
0

Patch

Essa é uma das partes que mais gostei do livro RUSH RUSH ( SUSSUROS)
SE JÁ LEU, RELEIA! SE NÃO LEU COMECE!


Ele deve ter dado um passo para mais perto, porque de repente nossos corpos estavam separados por nada mais do que uma superficial margem de ar. “Seus olhos, Nora. Esses olhos cinzas frios e pálidos são surpreendentemente irresistíveis.” Ele curvou sua cabeça de lado, como se para me estudar de um novo ângulo. “E essa boca curvilínea assassina.”
Espantada não tanto pelo comentário dele, mas pela parte de mim que respondeu positivamente a ele, eu recuei. “Já chega. Vou cair fora daqui.”
Mas assim que as palavras saíram da minha boca, eu sabia que elas não eram verdadeiras. Eu senti o desejo de dizer algo mais. Selecionando os pensamentos emaranhados na minha cabeça, eu tentei achar o que era que eu sentia que devia dizer. Por que ele era tão irrisório, e por que ele agia como se eu tivesse feito algo para merecer isso?
“Você parece saber muito sobre mim,” eu disse, fazendo a atenuação do ano. “Mais do que você deveria. Você parece saber exatamente o que dizer para me deixar desconfortável.”
“Você facilita.”
Uma faísca de raiva disparou por mim. “Você admite que está fazendo isso de propósito?”
“Isso?”
“Isso – me provocando.”
“Diga ‘provocando’ novamente. Sua boca fica provocativa quando você faz isso.”
“Acabamos aqui. Termine seu jogo de sinuca.” Eu agarrei seu taco de sinuca da mesa e empurrei para ele. Ele não pegou-o...
O RESTO SÓ LENDO O LIVRO...

QUEM NÃO QUERIA TER SEU PRÓPRIO PATCH DE ESTIMAÇÃO :)
3

Leão

Eu sou leonina e todos sabem disso, quem não sabe desconfia, é isto.
Resolvi fazer um mix de textos sobre leoninos, censurei algumas coisas improprias pra menores de 18 anoskkkkkkkk  mais são todos textos da net que já me enviaram por email e com algumas passagens pessoais minhas para temperar , quando disse que tive que censurar tô falando sério :0
Espero que curtam *-*

LEONINO
Leonino é assim mesmo, quando quer chega ao extremo, pensativo vaga a esmo, na profunda ansiedade, com o ardor que lhe invade, pronto para atacar, a quem deseja amar......
Possui grande coração, que transborda de emoção, calculista e sensitivo, briga por qualquer motivo, mas na hora da entrega, desmedida e sem regra, torna-se um manso gatinho, a procura por carinho, aconchega-se no ninho, almejando se fartar, em gozos de extasiar......
Somos regidos pelo fogo, brilhamos como um farol... a carne que nos apetece, não pode ser crua nem morta, ansiamos o calor e o pulsar, para sentir a famosa química rolar. Temos luz, temos carisma... temos vontades, temos desejos, somos criaturas vorazes em um beijo... Somos carentes, ás vezes... nem todos nos entendem. apenas somos seres reais e verdadeiros, buscando o melhor do mundo inteiro.
Leonino é tudo igual, seja o homem ou o animal, quem os olha são ferozes, violentos ou algozes, mas no âmago da alma, possuem a paz que acalma, usam de sinceridades, nos círculos de amizades, são amantes incontidos, que se entregam irrestritos.
Assim somos leoninos deste mundo.... 
0

Des e Ps ....

Resolvi hoje escrever de forma deslavada, descabida, desalmada, desvalida, desordeira, desarmada e destemida.Todos esses "des" me propõem pequenos "ps".Eu penso no "des" de forma deslavada que me invocam esses tais "ps".
P de Pecado, onde todo pecado é um tipo de mentira! Onde minto, fingindo não sentir os arrepios cortantes que desfalecem minha coluna, fazendo com que eu me torne imóvel apreciando a pressão em minha clavícula . Onde fujo e me refugio de maneira covarde e ao mesmo tempo tão valente, que me inebria o pulsar das veias quentes. 
A maçã de Eva era tentadora e por tanto um pecado, porém a este pecado ela devia ter resistido, afinal ia ter sido legal viver no paraíso, sabe aquele negocio da terra que mana leite e mel ia ser pra lá de divertido! Será que as árvores dariam biscoitos de chocolate?! afinal é o paraíso, e paraíso só é paraíso com um toque acetinado e aveludado de um gostoso chocolate! 
Mas porém não falo deste pecado mais de um tipo desejoso e calado que te deixa ofegante e ao mesmo tempo tão calmo, onde pecado é provocar o desejo e depois renunciar. Onde pecado é pecado, e ao mesmo tempo o deixa de ser, num vai e vem de nuvens em meio a névoa de Outubro, que refresca e arrepia, que te faz pecar! E em meio a tua oratória desenfreada de pensamentos, te faz pensar em Dezembro e no natal que ainda não há.
O  P de pecado me faz pensar agora  de forma descabida e desalmada no P de Proibido, proibi-se, oprimi-se e desliga-se. Julgo, que  proibido devia ser: não rir dos problemas, não demonstrar amor, não chorar sem aprender,não ser você mesmo, não buscar a felicidade ,se perder em inverdades. O proibido é doce e quanto mais proibido mais açúcar se adiciona a sua mistura, tornando ainda mais tentadora sua doce doçura..
Agora esse P me leva a pensar de forma desvalida, desordeira no P que me deixa desarmada o P de Prazer. Há tantos tipos de prazer: o prazer de ter uma boa amizade, o prazer de saborear uma deliciosa fruta, de sentir o calor do fogo em um dia frio ou de apreciar uma bela paisagem, o prazer sexual ou o de realizar uma boa ação, incluo também de forma pessoal, o prazer de um bom chocolate ;) etc.., são tantos prazeres de formas indistintas e cálidas de expressões diferentes que alimentam o corpo e a alma. Mais advirto ,o prazer, o regozijo tem a péssima mania de vir acompanhado de mãos dadas com a  dor ,que pateticamente tenta se  disfarçar de amor, com uma fantasia de papelão vagabundo, que por puro DESleixo acreditamos e a tomamos como verdade. Pobre engano dos mortais, fadados ao eterno sono, que débeis, sempre buscam amor, mesmo que ele seja enganoso e enfadonho. Por isso volto a pensar nos "des" novamente, só que de forma destemida, e vos digo que se escolherem o prazer, devem estar cientes, que ele estará acompanhado por muitas vezes de pessoas que só lhe trarão dor e arrependimentos, porém a escolha é sua ,então faça direito.
Já que a terra não mana leite e mel, cavemos para achar  nem que seja um favo e uma simples gota, mais cavemos, com afinco, cavemos, cavemos quem sabe acharemos! E se não achar não se entristeça afinal já cavou tanto que além de ter ficado musculoso, pode até ter achado um poço petróleo ,o ouro negro ,que fulgura mais não tapa o buraco de seu peito. 
Neste momento ouvi pequenos gritinhos que vinham de meu teclado, que exclamavam - Por que o DES e o P ganharam um texto? que discriminação é essa?!, GREVE, GREVE, GREVE!!!!!
E antes que o sindicato das letras do teclado se organizasse resolvi usar um outro P, o P de PAREI !

Ingrid Carvalho =]
0

Basquete!

Basquete simplesmente revigorante! Joguei um pouquinho hoje só por diversão, tô com o pé dolorido levei um pisão! Rimou? por que era pra rimar!!
Bem sempre gostei de basquete, confeso que começei a jogar por falta de opção, pois era o único esporte que eu realmente conseguia jogar nunca tive muita cordenação motora!Acertava uma bola de três como quem tira doce de uma criança, quando o time de basquete me descobriu eles entraram em êxtase!
Olhem a frase do meu capitão quando me viu jogar pela primeira vez: 
- Caramba d+ tu é bonita e ainda tem uma mão pra lá de boa. Já é do time, tem alguma coisa pra fazer depois da aula!?rsrsr ele sempre foi um aproveitador, mais um ótimo capitão.
O capitão até o meu primeiro treino me achava uma menina meiga olha frase que ele me disse depois do treino:
- p#%# que pariu! Tu é louca dentro de quadra, caramba!E ai tem alguma coisa pra fazer agora?
Sou uma jogadora faltosa admito, mais tô melhorando, minha falta de ritmo nos últimos tempos me deixou mais sensível com os sem talentokkkkkk gente como eu sou maldosa! 
O time durou pouco, 1 ano. Foi no meu primeiro ano do ensino médio, depois se desfez por falta de interesse da escola. Mais foi bom enquanto durou! Ainda jogo com os mesmo vândalos de antigamente, são meus vândalos preferidos !
 No final o que importa é a beleza do esporte em si! Gosto de basquete, por que simplesmente gosto de basquete, e é isso. Jogo por que amo jogar.

 BASQUETE
Duas tabelas, dois cestos
Não há balizas no chão
Uma bola avermelhada                      
Rodopia de mão em mão...

Bate, dribla, lança ao ar
Não pode perder o controle
Agora é só encestar...
Neste jogo, não há golo!

Três segundos bem contados
Já dentro do "garrafão"
Não se pode olhar p'ró lado!
Tem de se "acertar" a mão!

E dois pontos...bem marcados!
Mas não há pausas, no jogo
Há que defender o nosso lado
Pois o ataque vem logo!

Corre, salta, passa a bola
Dribla, saltitando no chão
Ataca, defende, enrola...
Marca bem o "garrafão"!

Jogo diferente, bonito
Que entra em frenesim
Que nos faz saltar, num grito
O Basquetebol é assim!
4

Diário

Diário da semana: Telecurso 2000
0

poema

Recebi este poema por email de um amigo antigo porém que não converso a um tempão!
Resolvi compartilhar! Espero que gostem, eu não tinha conhecimento dele achei um belo poema, um pouco escrachado d+ mais muito legal!

EU QUERIA

Eu queria você aqui, agora,
me dando um beijo, me olhando e...
sonhando.

Eu queria você
me beijando no ouvido,
falando baixinho,
me fazendo sonhar...

Eu queria você
me tirando do espaço,
me roubando um suspiro...

Eu queria você
para deitar no seu peito,
despertar o desejo,
esquecer o que é direito...

Eu queria você
para te olhar bem de perto,
te beijar sem censura,
te levar à loucura...

Eu queria você
brigando comigo
se te corto um pouquinho,
ou te chamo a atenção...

Eu queria você
a me morder de mansinho,
me fazer um carinho,
me fazer flutuar...

Eu queria você
para afagar meu cabelo,
descobrir o que penso,
ser um pouco de mim...

Eu queria você
para me deixar contente
quando o mundo parece
desabar sobre mim.

Eu queria você para,
se eu chorar, chorar comigo
e saber o motivo,
ser meu amor e meu maior amigo. 

Letícia Thompson
2

F.Pessoa

A minha louca paixão por Fernando Pessoa, chega a inebriar! Quando leio seus poemas sinto como se tudo o que eu quisesse dizer já tivesse sido dito por alguém que leu minha mente antes mesmo de eu ter nascido, é algo prazeroso, delirante! 
O primeiro poema que li de Pessoa que não citarei  aqui por achar que o poema é meu pertencente, era apelativo no sentido mais apelativo do ser apelativo! Enquanto meus colegas achavam meio louco eu acabava de descobrir um gênio! Seus poemas me tocam em um ponto intocável de maneira triste e alegre, me desmonta me agrega tudo ao mesmo tempo, sempre ao mesmo tempo pois Pessoa vivia tudo ao mesmo tempo difuso, completo.
Li este poema ontem antes de dormir:        

TUDO TEM O SEU LUGAR

Navegue, descubra tesouros,
mas não os tire do fundo do mar,
o lugar deles é lá.
Admire a lua, sonhe com ela,
mas não queira trazê-la para a terra.
Curta o sol, deixe-se acariciar por ele, 
Mas lembre-se que seu calor é para todos.
Sonhe com as estrelas,
apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda parte,
ele tem pressa de chegar, sabe-se lá aonde.
As lágrimas?
Não as seque,
elas precisam correr na minha,
na sua, em todas as faces.
O sorriso!
Esse, você deve segurar,
não o deixe ir embora, agarre-o!
Persiga um sonho,
mas, não o deixe viver sozinho.
Alimente a sua alma com amor,
cure as suas feridas com carinho.
Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas, não enlouqueça por elas.
Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca.
Alargue seu coração de esperanças,
mas, não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-as.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!
Circunda-se de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada.


(Fernando Pessoa)

0

Abraço

Enlace, mais conhecido como abraço!Abraço é absolutamente natural. É orgânico, não poluente, naturalmente doce, tão doce quanto cereja, mais menos latente ao paladar. O abraço é o presente ideal, excelente em qualquer ocasião, oportuno adequado, insaciável, quente.
O abraço é praticamente perfeito, é anti-roubo, anti-fogo apesar de as vezes incendiar! Tem quase poderes mágicos,te leva pra onde quer, te nina, te afaga, te esquente e te embala. É viciante como o mais puro chocolate.
Gosto de abraços apertados que me ponham nos eixos, gosto de abraços leves, onde possa repousar minha cabeça, gosto de ficar lá imóvel presa em um abraço que me relaxa, que me desperta, que me acaricia, que me dá vontade de ficar, de ficar, de ficar a sentir cada aperto, cada batida, cada gesto cada tudo.....apenas gosto de abraçar! 

 AQUELE ABRAÇO

Eu vim atrás daquele abraço,
Genuinamente contraditório,                                
Onde a minha liberdade só chega
Quando sou bem presa,
Como alma em purgatório...
Vim buscar o seu abraço,
Cheio de perdão e também de pecado,
Onde o meu silêncio e a sua omissão
Tornam-se a razão do nosso diálogo;
Soltando as vozes do meu coração,
Mandando o meu recado...
Vim roubar aquele intenso abraço,
Retorcido, jamais distorcido;
Onde tão segura e feliz eu me sinto,
Onde nunca me revelo em metades,
Onde só balbucio verdades;
Mas, se precisar, EU MINTO!
 
2

Cereja...

Deitei, pensei, levantei,ouvi, pensei, não aquele pensar banal! Eu pensei... aquele pensar de franzir a testa de apertar os meus olhos, que de tão pequenos viram apenas um traço. Pensei, suspirei... por um longo momento continuo e difuso, não há sol que me esquente a face, não há vento que me sopre respostas fúteis e sonsas no ouvido, não há olhar que queime minha pele e dissolva meu pensamento.Apenas não há nada que me tire disto nesse momento. Expresso, sinto, revivo, fico a remoer, e um pequeno nó a dias esquecido retorna a minha garganta.
Estou há pensar, pensei este dia inteiro, não foram os lírios nem os girassóis muito menos as minhas estimadas rosas que me fizeram pensar. e sim a cereja que abruptamente sem pedir licença me questionou e me pois a sentir e tentar  me fazer compreender para mim mesma. 
O que sou, por que faço, por que refaço ou deixo de fazer, por que sinto, por que omito, por que finjo não saber?pensei.... pensei divaguei e continuei a pensar.
A cereja então impertinente como sempre voltou a me questionar.
O que te apetece, o que te escarneia,o que te freia, o que te faz querer vomitar,?
O que te afaga, o que te faz gemer, o que te faz desejar?
O que você quer, porque você quer, o que te faz suspirar?
O gosto da cereja era doce sem eu nem ao menos a ter colocado na boca, porém me lembrava do seu gosto, um doce, tão doce, surpreendente doce, para quem não gosta de cereja. Me deleitei... me esqueci ...
Mas então voltei a pensar... e a cereja interrogadora, brilhou de forma aveludada e convidativa novamente. eu sabia o que viria a diante, mais perguntas, mais questionar, mais sempre mais.
Encarei a cereja como ela podia ser tão invasiva, como ela sabia.... sabia ... será que sabia... será que eu sabia... será que o saber sabia...o seu brilho fosco me acendeu novamente, revivi a opulência de seu vermelho vivo, e de seu sabor adocicado extremamente agradável, que começava a fazer falta ao meu paladar. Tentei mudar a direção de meus pensamentos, a menta me pareceu a solução! Porém nada me tirava a vontade da cereja questionadora e teatral!
Então abri, desenrolei e coloquei na boca. Porém não me satisfez, não era tão doce nem tão gostosa.
A cereja era penas um cereja, e não aquela cereja.
E a cereja questionadora que agora se dissolvia em minha boca, eu suspirei e respondi: - Eu não presto ,mais você é má por me fazer pensar, cerejas são cerejas e que mal há em simplesmente me calar.
E se fez o silêncio novamente... e a cereja em minha boca suspirou em quanto derretia em minha língua, e eu suspirei, pois sabia a resposta de cada pergunta cerejarrrr, apenas as escondia, bem no fundo do pomar.
4

Diário

Diário atualizado: Perdi pontos em maldade ohhhhhhh
0

Bridget

Ontem a noite começei a rever um filme seu nome :“Bridget Jones: No limite da razão”.
E então começou a tocar : Everlasting Love cantada por Jamie Cullum. Me lembrei instantaneamente de como gostava daquela música, poxa como a deixei no esquecimento:( me lembro, ouvia ela repetidamente!
Vasculhei, vasculhei e achei nos confins de meus arquivos de música do meu celular a bendita música.
Então ouvi ela 15 ou 20 vezes seguidamente enquanto rolava pela cama!A voz do guri é bem legal! Música boa pra ouvir antes de dormir posso garantir. Como nunca foi muito tocada na radio pouca gente ainda ouve, mais acho a letra adorável e o som do piano é lindo.
OUÇA:



0

Máscaras!

O Quanto de nós é máscara? O quanto de nós é verdadeiro? Somos o que somos ou o que aparentamos ser?
Fernando Pessoa apenas diria que : "Nunca sabemos quando somos sinceros. Talvez nunca o sejamos. E mesmo que sejamos sinceros hoje, amanhã podemos sê-lo por coisa contrária.
Mais quer saber, não importa somos o que construímos ou decidimos ser, se alguém tem algo contra  que faça melhor, que seja melhor, que seja dono do meu EU! Por que falar é fácil difícil é ser eu rsrss mais uma daquelas frases sábias do orkut! Mais deixando de lado, só queria dizer que não há falsidade ao atuarmos, somos atores da vida real, ninguém é totalmente puro e verdadeiro, se os fosse estariam todos no céu, e como não vejo asas em ninguém, posso afirmar que não existe melhor ou pior, apenas existe o existir!

Máscaras...
 
Eu uso máscaras...
Tenho muitas delas...
Tenho máscaras que choram,
que riem,
que gargalham...
Tenho uma máscara de pura,
outra de depravada...
Uso máscaras que falam
e que não dizem nada!

Eu uso máscaras...                                                     
Troco-as em cada ocasião,
cinicamente,
como quem troca de base ou de baton...

Eu uso máscaras...                                
E o que eu seria sem elas?
Um ser covarde!
Fraca demais para enfrentar um mundo inteiro...
Alguém incapaz de encarar frente a frente,
realisticamente,
o seu EU verdadeiro!

Íris Galvão
10