Image Map

RESENHA: A menina que não sabia ler.

Nome: A menina que não sabia ler.
Autor: John Harding
 Editora: LeYa
Número de páginas: 282
Minha classificação: ★ ★ ★

 SINOPSE: 1891. nova Inglaterra. Em uma distante e decadente mansão, onde nada é o que parece, dois irmãos são negligenciados pelo seu tutor e tio. A jovem Florence, de apenas 12 anos, passa os dias cuidando de seu irmão mais novo Giles e perambulando pelos corredores, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que um dia, a menina encontra a biblioteca proibida da mansão, e apaixona-se por ela.





 Em suma é um livro bom, tem certos "mistérios" e uma trama desenvolvida.
 A história tem um toque sombrio sendo isso que torna o livro mais interessante ainda, temos também o fato de que uma menina de 12 anos luta pra salvar a vida do irmão que ela tanto ama, sua única família (além dos criados que a conheciam desde pequena) de uma megera um tanto sobrenatural que havia sido contratada como preceptora, encarregada de dar a educação para as crianças.

Somos envolvidos pelo amor que Florence cria pelos livros e a forma como ela  aprende a ler sozinha é inspiradora. Tenho que ressaltar a forma com que a qual descobre a biblioteca dentro de sua própria casa como sendo um dos pontos altos do livro, biblioteca está ocultada e proibida por seu tio.

Temos vários questionamentos durante a leitura dentre eles: Porque elo tio não permitia que Florence aprendesse a ler? Porque lhe era proibida a entrada na biblioteca?  Questões essas respondidas no decorrer do livro.


Um ponto negativo que percebi na leitura é que ela é um pouco cansativa e maçante, dá vontade de pular alguns trechos do livro em busca de ação. Mas podemos considerar um bom livro de entretenimento.

Classificação
0

0 comentários:

Postar um comentário